Enfermagem

Curso de Graduação

Enfermagem

O trabalho em Enfermagem é essencial para a vida humana, sendo realizado ao longo dos anos por trabalhadores que têm o domínio sobre os seus conhecimentos e as técnicas utilizadas, buscando assistir aos indivíduos ou grupos com problemas de saúde ou em risco de adoecer. Atualmente, o curso está organizado para atender tais necessidades e vem buscando desenvolver, cada vez mais, um corpo de conhecimentos técnico, científico e filosófico que sustentem essa área do saber humano. Instrumentaliza para atender às necessidades sociais, ou seja, a promoção da saúde, prevenção de doenças e a recuperação do indivíduo, ou o controle da saúde da população. Ensina a prestar assistência ao indivíduo sadio ou doente, família ou comunidade e a desempenhar atividades para promover, manter ou recuperar a saúde.

PERFIL DO EGRESSO 
O Enfermeiro é um profissional generalista, humanista, crítico e reflexivo. Profissional qualificado para o exercício de Enfermagem, com base no rigor científico e intelectual e pautado em princípios éticos. Capaz de intervir sobre os problemas/situações de saúde-doença mais prevalentes no perfil epidemiológico nacional, com ênfase na sua região de atuação, identificando as dimensões bio-psico-sociais dos seus determinantes. Capacitado a atuar, com senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania, como promotor da saúde integral do ser humano.
Consciente dos direitos e deveres preconizados pelo Código de Ética e pela Lei do Exercício Profissional, agente de transformação no processo de desenvolvimento humano, político e social; preparado para desenvolver a praxis fundamentada nos princípios e diretrizes das políticas públicas de saúde no trabalho multiprofissional e interdisciplinar. Instrumentalizado para desenvolver pesqu isa na área da Saúde e Educação.
O enfermeiro desenvolve atividades técnico-científicas da enfermagem nas áreas de Assistência, Administração, Ensino e Pesqu isa, no âmbito sócio-político e cultural, para a satisfação das necessidades humanas básicas do individuo, família e comunidade com intervenções sistematizadas de amplo alcance, nos níveis de atenção primária, secundária e terciária nas diversas fases do ciclo evolutivo da vida, respeitando os princípios éticos que norteiam a profissão.
Este perfil confere ao enfermeiro postura profissional transformadora em qualquer nível de desenvolvimento dos programas de saúde, atendendo aos princípios da universalidade, integralidade, equidade, solidariedade e hierarquização que norteiam o sistema de saúde vigente no país.